Semana contra a anistia aos torturadores Imprimir E-mail
Notícias - Eventos

tort_m

No primeiro semestre de 2010 ocorreu o julgamento do Supremo Tribunal Federal da arguição de defesa de preceito fundamental (ADPF 153) que questiona a validade da anistia aos torturadores. A votação do STF contra essa ação ratifica e destaca o Brasil como o único país latino americano que ainda não foi capaz de punir os atos atrozes cometidos durante o período da ditadura militar. Nesse mesmo semestre ocorreram as audiência na Corte Interamericana de Direitos Humanos sobre a Guerrilha do Araguaia - cuja sentença com relação ao caso se aproxima. Esses episódios deixaram para trás milhares de pessoas desaparecidas, mortas e torturadas e imenso sofrimento psíquico e instabilidade institucional e política no país desde então. Com o intuito de recolocar o assunto em pauta, organizaremos a "Semana contra a anistia aos torturadores", que acontecerá entre os dias 4 e 7 de outubro de 2010 e contará com a participação de destacados militantes, pesquisadores e intelectuiais diretamente envolvidos com o assunto, além da exibição de filmes seguidos de debates sobre a temática. Coordenação dos Profs. Drs. Paulo Cesar Endo (PSA) e Luis Guilherme Galeão da Silva (PST).


PROGRAMAÇÃO

4 a 7 de outubro

Projeção de filmes - 4 a 6 de outubro

Local: CINUSP
Endereço: Rua do Anfiteatro, 181, Colméia: Favo 4 – Cidade Universitária
Lotação: 100 Lugares
Entrada franca


Dia 4 de outubro

16h00 - Que bom te ver viva (1989) – Direção: Lúcia Murat

19h00 – Abertura do Evento - Prof. Luis Guilherme Galeão da Silva – Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP).

19h15 - Arquivos da cidade (2009) - Roteiro e direção: Felipe Diniz e Luciana Knijnik

Debatedor: Alípio Freire – Jornalista e Escritor

Coordenação do debate: Vanessa Lopes dos Santos Passarelli – Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP).


Dia 5 de outubro

16h00 - Arquivos da Cidade (2009) - Roteiro e direção: Felipe Diniz e Luciana Knijnik
19h00 - O ano em que meus pais saíram de férias (2006) – Direção: Cao Hamburguer
Debatedor: Marcelo Rubens Paiva - Escritor
Coordenação do debate: Davi Mamblona Marques Romão - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP).


Dia 6 de outubro

16h00 - O ano em que meus pais saíram de férias (2006) – Direção: Cao Hamburguer
19h00 - Que bom te ver viva (1989) – Direção: Lúcia Murat
Debatedora: Criméia Schmidt de Almeida – Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos/ Entidade feminista União de Mulheres
Coordenação do debate: Artur Rafael Agostinho Theodoro – Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP)


Mesas-redondas – 7 de outubro


Local: Av. Prof. Mello Moraes 1721, Auditório do Bloco G, IPUSP, Cidade Universitária
Lotação: 184 lugares
Evento aberto ao público, sem inscrição prévia


1. Anistia, Tortura e o Direito Internacional (9h30-11h30)

Beatriz Afonso - Centro pela Justiça e o Direito Internacional (CEJIL)
Kenarik Boujikian - Associação Juízes para a Democracia (AJD)
Sérgio Mazina Martins - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM)
Coordenador: Paulo Cesar Endo - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP).


2. Trauma, Tortura e Utopias (13h15-15h30)
Edson Luiz André de Sousa - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
José Moura Gonçalves Filho - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP).
Paulo Cesar Endo - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP).
Coordenadora: Rita Alvares - Mestre em Psicologia Social pela UFRGS


3. Anistia, História e Memória
(16h-18h)
Jaime Ginzburg - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH – USP).
Jeanne Marie Gagnebin - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Zilda Marcia Grícoli Iokoi – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH – USP) e Laboratório de Estudos sobre a Intolerância da Universidade de São Paulo (LEI/USP)
Coordenador: Prof. Luis Guilherme Galeão da Silva - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP).


Coordenação
Prof. Doutor Paulo Endo(IP/PSA)
Prof. Doutor Luis Galeão(IP/PST)


Comissão Organizadora
Artur Rafael Theodoro
Cristiane Izumi
Davi Romão
Luiz Eduardo Moreira
Pedro Lagatta
Rita Alvarez
Vanessa Passarelli

 


Instituto de Psicologia da USP

Av. Prof. Mello Moraes 1721
CEP 05508-030
Cidade Universitária - São Paulo - SP

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.