A Psicanálise dos Laços Sociais... III Módulo - 1/8/2011 Imprimir E-mail
Notícias - Eventos



Curso Aberto de Pós-Graduação*

A PSICANÁLISE DOS LAÇOS SOCIAIS: CONSTRUÇÃO E RECONSTRUÇÃO DA MALHAGEM DOS CONTINENTES GENEALÓGICOS FAMILIARES E COMUNITÁRIOS III 
Terceiro Módulo

De 01 a 05 de agosto de 2011, das 9h às 12h (carga horária 15h)

Auditório do Instituto de Psicologia - Bloco G




Prof. Pierre Benghozi

Doutor em Psiquiatria, Professor da Université Paris XIII Bobigny, da Université Toulon e Presidente do Institut de Recherche en Psychothérapie. Faz parte ainda da Sociedade Francesa de Psicoterapia Psicanalítica de Grupo; da Sociedade Francesa de Terapia Familiar Psicanalítica; Diretor do Serviço de Psiquiatria da Criança, do Adolescente e da Família de Hyères - França; Presidente da Comissão Nacional sobre Violência do Conselho Superior do Ministério do Trabalho e da Solidariedade da França. Sua pesquisa, numa perspectiva psicanalítica, aborda as questões de casal e família, sobretudo no que tange a transmissão psíquica inter e transgeracional, marcados especialmente por crises sociais e humanitárias.

OBJETIVOS:

Este curso de pós-graduação aberto a pesquisadores, alunos de graduação e profissionais com formação em Psicologia e Psicanálise, provenientes de serviços públicos e instituições de pesquisa e ensino, dentro e fora da USP. Em seu terceiro módulo, pretende oferecer aos participantes a oportunidade trabalhar os conceitos e as reflexões formuladas pelo Prof. Pierre Benghozi em sua Psicanálise dos Laços Sociais, quando da realização do primeiro módulo (22 a 26 de fev/2010) e do segundo módulo (22 a 26 de nov/2010). Neste terceiro módulo, pela estratégia de discussão via casos clínicos e pela apresentação dos recursos e dispositivos clínicos que desenvolveu para o trabalho com casais e famílias, serão destacados os conceitos de malhagem (filiação e afiliação), desmalhagem, remalhagem, transmissão psíquica genealógica, resiliência (familiar e social), infração, etc; assim como as modalidades de intervenção clínica: psicoterapia psicanalítica familiar, baseado no modelo epistemológico da complexidade, a clínica da infração, o uso do espaçograma, do genograma no atendimento a famílias, remalhagem de laços genealógicos e as anamorfoses psíquicas na transformação do continente genealógicos. etc.

O trabalho do Prof. Benghozi parte de sua experiência clínica, de pesquisa e formação de terapeutas, particularmente no trabalho com famílias, em serviço público de saúde da França, para trabalhar a dimensão das relações intersubjetivas, intrapsíquicas e transubjetivas no campo social – família, grupos e instituições – que compõe a complexa rede de vínculos, na qual o sujeito está inserido. Da ideia de rede, amarras e nós, derivam conceitos que ligam o sujeito, não somente aos seus diversos grupos de pertencimento, mas à sua herança genealógica (antepassados) e de tansmissão (filiação). Com seus conceitos inovadores forma-se a basea para a proposição de uma modalidade de psicoterapia psicanalítica familiar, a clínica da efração.

HISTÓRICO:

Este curso de pós-graduação propõe-se a dar continuidade e aprofundar as discussões iniciadas pelo Prof. Pierre Benghozi, quando ministrou curso no IPUSP, promovido pelo Lapso, em 2008, ao tratar da questão da transmissão psíquica na psicoterapia psicanalítica. Em dois outros eventos anteriores, do Lapso, a mesma questão foi abordada pela Profa. Olga Ruiz Correa, a partir da perspectiva da família, como lugar de transmissão e transformação. Esse tema faz parte das pesquisas do laboratório sobre a questão da figura do Negativo e seu papel organizador do funcionamento psíquico, nas determinações de discurso, no âmbito grupal e social, e em situações clínicas e institucionais. Os temas que serão tratados nesse segundo módulo do curso de pós-graduação compõem um amplo espectro de questões do cenário social, a começar pelo tema da violência, crises e rupturas, como expressão de metamorfoses da ordem social ainda muito pouco compreendidas e para a qual, tanto a Psicologia Social de Pichon-Rivière (que estuda as articulações entre estrutura social e fantasias inconscientes, sustentadas sobre relações de necessidade), a Psicanálise Transicional de René Kaës (que trata da questão da negatividade em Psicologia Social e as questões do intermediário na subjetividade e na cultura) tem uma tarefa a desempenhar. A essas duas referências teóricas, há longos anos adotadas pelo Lapso, articula-se, diretamente e mais recentemente, a Psicanálise dos Laços Sociais, desenvolvida pelo Prof. Benghozi (que trata das questões de continentes genealógicos grupais e sua formação e sustentação pela transmissão psíquica genealógica inter e transgeracional).

A possibilidade de realização desse segundo módulo do curso de pós-graduação, ministrado pelo Prof. Benghozi, contribuirá sobremaneira à expansão das pesquisas que tem sido desenvolvidas pelo Lapso. Muitos de nossos pesquisadores têm rearticulado suas pesquisas a partir das suas contribuições. Além disso, vem a colaborar para a formação de pesquisadores e como atividade de extensão e divulgação de novas abordagens do campo clínico e social a profissionais e pesquisadores formados ou não pelo IPUSP.

CONTEÚDO:

Os conteúdos que serão abordados em aula contemplam os seguintes temas:

  1. "Transmissão Genealógica na Terapia Familiar Psicanlítica”: 3 horas;

  2. “Cenário Genealógico da violência, vergonha e clínica do vínculo”: 3 horas;

  3. “Conceitualização e Clínica da Efração”: 3 horas;

  4. “Anamorfoses, muda dos continentes e transformações psíquicas familiares”: 3 horas;

  5. “O uso do espaçograma em terapia psicanalítica de casal e família”: 3 horas;

PERÍODO DE REALIZAÇÃO DO CURSO:

01 a 05 de AGOSTO de 2011, (manhãs), das 9:00 – 12:00h (segunda a sexta - 1 semana)


CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO

Este curso é especialmente dirigido a alunos de pós-graduação (Programa de Psicologia Social - 4 créditos, inscrição pelo Sistema Janus), mas também aberto a alunos de graduação, pesquisadores e profissionais de psicologia e áreas afins. É um curso GRATUITO

Vagas Limitadas (180).

  1. Como critério de admissão, estabeleceu-se que todos aqueles que concluíram os dois primeiros módulos ( em fevereiro/novembro de 2010), terão lugar assegurado.Serão abertas novas inscrições após manifestação de todos na condição apontada acima.

  2. Todas as solicitações enviadas para o Lapso serão consideradas como RESERVA de INSCRIÇÃO que SOMENTE SERÁ EFETIVIVADA no PRIMEIRO DIA do CURSO , na presença do solicitante. Todas as solicitações receberão uma mensagem personalizada de retorno.
    Na dúvida, envie sua solicitação.

Importante: Os certificados de participação no curso serão concedidos somente àqueles que atingirem 80% de frequência.

FICHA DE RESERVA INSCRIÇÃO: Copie a ficha abaixo, cole no seu programa de email, preencha todos os ítens e envie para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

TODOS OS DADOS PRECISAM SER FORNECIDOS...

IDENTIFICAÇÃO:

Nome:

Data de Nascimento: Cidade: País:

Nome da Mãe:

RG: Data de Emissão: Local:

CPF:

Endereço completo (Rua, cidade, cep):

Telefone:

E-mail:

Formação:

Titulo: Nivel :

( ) Graduação


( ) Mestrado

( ) Doutorado

Curso:

Data de Finalização:

Instituição:

APOIO

Este curso somente foi possível ser organizado pelo apoio financeiro e institucional de órgãos da UNIVERSIDADE de SÃO PAULO (

Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pró-Reitoria de Cultura e Extensão

Instituto de Psicologia e do

PROAP - Programa de Apoio à Pós-Graduação da CAPES - Coordenação de Aperfeiçõamento de Pessoal de Nível Superior - Min. Educação do Brasil).

LAPSO

Laboratório de Estudos em Psicanálise e Psicologia Social

Depto de Psicologia Social e do Trabalho - PST - Instituto de Psicologia da USP
Av. Prof. Mello Moraes, 1721 bloco A email: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Tel: (0 XX 11) 3091-1937 / 4365 / 4184

 


Instituto de Psicologia da USP

Av. Prof. Mello Moraes 1721
CEP 05508-030
Cidade Universitária - São Paulo - SP

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.