Disciplina: Aspectos do desenvolvimento infantil em diversas culturas - De 6 a 8/3/2013 Imprimir E-mail
Notícias - Eventos

Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental



Docente Responsável:
Joscha Holger Kaertner


Justificativa:
A disciplina traz contribuições para as áreas da Psicologia do Desenvolvimento e Psicologia Experimental pois o prof. Kärtner, após introduzir o modelo de desenvolvimento ecocultural, irá abordar temas orientadores que são enfatizados em diferentes contextos. Dependendo do contexto sociocultural e associado a experiências individuais, as experiências humanas são diferentemente acentuadas e como consequência elas servirão de base para o comportamento humano. Este, por sua vez, prepara o terreno para as vias de desenvolvimento para a aquisição da cultura. Baseado em resultados recentes, o Prof. Kärtner argumenta que a chave para acionar o mecanismo de sensibilização das crianças para seus estados mentais na interação mãe-bebê é a responsividade de contingência visual. Este fenômeno tem implicações importantes para o desenvolvimento infantil a curto e a longo prazo. Consequentemente, permite as manifestações específicas da cultura a partir do segundo mês de vida, como por exemplo as competências comunicativas. No segundo ano de vida, esta ênfase diferencial tem implicações para a sensibilidade infantil a respeito delas e dos outros como agentes intencionais autônomos. Mais tarde na ontogenia, o modelo prediz efeitos em processos diversos tais como: percepção da pessoa, explicar e predizer o seu próprio comportamento e o dos outros, comportamento prossocial e raciocínio moral.


Conteúdo:
• Introduzir o modelo ecocultural de desenvolvimento;

• Analisar dois contextos socioculturais distintos, denominados sensibilidade aos estados mentais subjetivos e responsividade social;

• Definir o termo “responsividade de contingência visual” e analisar suas implicações para o desenvolvimento infantil a partir da interação mãe-bebê;

• Descrever aspectos interculturais relacionados ao desenvolvimento prossocial, entendimento da moralidade pela criança e aspectos comunicativos;

• Analisar as implicações do entendimento do outro como agente intencional autônomo para a socialização infantil a partir do segundo ano de vida.


Forma de Avaliação:
Presença e participação nas aulas.


No. de Créditos: 2


Carga Horária:
Teórica (por semana): 8 horas
Estudos (por semana): 8 horas
Prática (por semana) : 8


Bibliografia:
Keller, H. & Kärtner, J. (2013). Development – The cultural solution of universal developmental tasks. In M. Gelfand, C.-Y. Chiu & Y.-Y. Hong (Eds.), Advances in Culture and Psychology (Vol. 3), (pp. 63-116). Oxford University Press. 


Kärtner, J., Holodynski, M., & Wörmann, (in press). Parental ethnotheories, social practice and the culture-specific development of the social smile in infants. Mind, Culture, and Activity. 


Schröder, L., Keller, H., Kärtner, J., Kleis, A., Abels, M., Yovsi, R. D., Chaudhary, N., Jensen, H., Papaligoura, Z. (in press). Early reminiscing in cultural context: Cultural models, maternal reminiscing styles, and children’s memories. Journal of Cognition and Development. 


Kärtner, J., Keller, H., Chaudhary, N., & Yovsi, R. (2012). Sociocultural influences on the development of mirror self-recognition. Monographs of the Society for Research in Child Development. 


Kärtner, J., & Keller, H. (2012). Culture-specific developmental pathways to prosocial behavior: A comment on Bischof-Köhler’s universalist perspective. Emotion Review, 4, 49-50.

 
Schröder, L., Kärtner, J., Keller, H., & Chaudhary, N. (2012). Sticking out and fitting in: Culture-specific predictors of 3-year-olds’ autobiographical memories during joint reminiscing. Infant Behavior and Development, 35, 627-634. 


Wörmann, V., Holodynski, M., Keller, H. & Kärtner, J. (2012). A cross-cultural comparison of the development of the social smile. A longitudinal study of maternal and infant imitation in 6- and 12-week-old infants. Infant Behavior & Development, 35(3), 335-347. 


Hofer, J., Busch, H., & Kärtner, J. (2011). Self-regulation and well-being: The influence of identity and motives. European Journal of Personality, 25(3), 211-224. 


Kärtner, J., Borke, J., Maasmeier, K., Keller, H., & Kleis, A. (2011). Socio-cultural influences on the development of self-recognition and self-regulation in Costa Rican and Mexican toddlers. Journal of Cognitive Education and Psychology, 10(2), 96-112.


 


Instituto de Psicologia da USP

Av. Prof. Mello Moraes 1721
CEP 05508-030
Cidade Universitária - São Paulo - SP

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.