Seminário: Ações Afirmativas na USP: O que a Psicologia tem a ver com isso? - 21/3/2013 Imprimir E-mail
Notícias - Eventos

                                               Transmissão ao vivo pelo IPTV: www.iptv.usp.br


9h às 12h - Mesa redonda I
DESIGUALDADES, RELAÇÕES ÉTNICO/RACIAS E A FORMAÇÃO DO PSICÓLOGO
Prof. Dr. Alessandro de Oliveira dos Santos 
Depto. de Psicologia Social e do Trabalho - PST
Prof. Dr. Danilo Silva Guimarães
Depto. de Psicologia Expermental - PSE

MediaçãoDra. Eliane Costa 
Laboratório de Estudos em Psicanálise e Psicologia Social - LAPSO/USP)
aaa 14h 17h - Mesa redonda II
AÇÃO AFIRMATIVA NA UNIVERSIDADE
Prof. Dra. Fulvia Rosemberg
Programa de Psicologia Social da PUC/SP e Fundação Carlos Chagas) e representante da Reitoria da USP

MediaçãoProfa. Dra. Marie Claire Sekkel
Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano - PSA



Objetivos:
cartaz_acoes_afirmativas_impressaoFrente aos avanços dos marcos regulatórios (leis, decretos, portarias) e políticas de proteção e promoção de direitos no Brasil, a Psicologia tem sido, cada vez mais, interpelada e chamada a contribuir na compreensão das relações étnico-raciais. A promoção de políticas de ação afirmativa e a consolidação de práticas de promoção da igualdade étnico-racial dependem do conhecimento produzido sobre os condicionantes que sustentam a discriminação e o racismo, colocando foco sobre a dinâmica de funcionamento de comportamentos e modos de produção de subjetividades que perpetuam o preconceito. A Psicologia teria, portanto, um papel central naformação de profissionais qualificados para atuar na desinstrumentalização desses processos na vida cotidiana, pois de nada vale leis e políticas públicas se as relações intersubjetivas entre indivíduos e grupos no país continuarem reproduzindo modos de pensar e viver a alteridade semelhantes a do período pós-abolição. Assim, a psicologia tem um papel decisivo, nesse momento, para superação das desigualdades étnico/raciais no país.

Conferencistas:
Prof. Dr. Alessandro Oliveira Santos
Docente do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho IPUSP. Atua nas linhas de pesquisa: Processos Psicossociais Básicos - relações indivíduo/grupo; e Psicologia Social, Saúde Coletiva e Política.

Prof. Dr. Danilo Silva Guimarães
Docente do Departamento de Psicologia Experimental do IPUSP. Sua área de atuação envolve problemas teóricos e metodológicos da psicologia cultural, focalizando, especialmente processos de construção de identidades e alteridades na relação de pessoas indígenas com a sociedade não indígena.

Profa. Dra. Fúlvia Maria de Barros Mott Rosemberg
Possui graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1965) e doutorado no Laboratoire de bio/psychologie de lenfant - Ecole Pratique des Hautes Etudes Université de Paris (1969) E pesquisadora sênior da Fundação Carlos Chagas e professora titular em Psicologia Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Na Fundação Carlos Chagas é coordenadora, no Brasil, do Programa Internacional de Bolsas de Pós-graduação da Fundação Ford. Tem experiência na área de Estudos sobre Ideologia e Educação.


Organização: 
Comissão para uma Política de Inclusão Assessora da Congregação do IPUSP:

Prof. Dr. Alessandro Oliveira Santos 
Prof. Dr. Danilo Guimarães 
Profa. Dra. Iray Carone 
Profa. Dra. Marie Claire Marie Claire Sekkel 
Selene Onila Thomaz Passos 
Dra. Eliane Silvia Costa 
Pedro Eduardo Silva Ambra 
Roberto Rosa 

Local: 
IPUSP - Auditório Carolina Bori
Av. Prof. Mello Moraes, 1721
Cidade Universitária 


 


Instituto de Psicologia da USP

Av. Prof. Mello Moraes 1721
CEP 05508-030
Cidade Universitária - São Paulo - SP

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.