Mostra Metropolitana de Práticas de Psicologia na Assistência Social | 16/12/2016, 8h-17h Imprimir E-mail
Notícias - Eventos

a

Esta atividade compõe o conjunto de eventos preparatórios para o  Congresso Regional da Psicologia – CNP

a

Local: Auditório Carolina Bori – Instituto de Psicologia (IP USP – Bloco G)
Endereço:Avenida Profº Mello Moraes, 1721, Cidade Universitária, São Paulo, SP.
Capacidade: 200

a

Inscrições pelo site: www.crpsp.org.br/mostraassistenciasocial

a

Entrada gratuita

a

PROGRAMAÇÃO

8h às 8h30

Credenciamento e Café de Boas-vindas

a

8h30 às 8h45                 

Mesa de Abertura –  Representante da Diretoria do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo CRP - 06

a

Cássia Gorete da Silva – Representante do Conselho Municipal de Assistência Social

a

Francilene Gomes Fernandes –  Ativista em Direitos Humanos, militante das Mães de Maio, assistente social da Prefeitura de SP, atuando na Coordenadoria de Proteção Social Especial da SMADS, mestre em Serviço Social pela PUC-SP, especialista na Política de Assistência Social, Violência Doméstica, docente do Curso de Serviço Social da FMU.

a

Naiara Carneiro Teixeira – Representante do Fórum Estadual de Trabalhadoras e Trabalhadores da Assistência Social de São Paulo.

Representante do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo - IPUSP

Representante do Fórum de Assistência Social da Cidade de São Paulo

a

Tatiana Amendola Barbosa Lima Didion - Formada em Psicologia pela PUC/SP e Linguística pela Sorbonne Nouvelle, atuou em diversas áreas, direitos humanos, tráfico de pessoas, crianças e adolescentes vítimas de violência,  medidas socioeducativas e atualmente é Diretora da Proteção Social Especial da SEDS.

a

8h45 às 10h30                 Mesa de Debates

a

“A trajetória da psicologia na assistência social e o protagonista de cidadãs e cidadãos de direitos da assistência social”.

a

Anderson Lopes Miranda - Atua há 11 Anos no Movimento Nacional da População de Rua, é Conselheiro Nacional de Assistência Social e faz parte do Fórum Nacional de Usuários do SUAS.

a

Ana Mercês Bahia Bock - Psicóloga, professora na PUCSP na área de psicologia social e psicologia da educação. Presidente do Conselho Federal de Psicologia em três gestões entre 1997 e 2007. Foi presidente do CRP SP entre 2001/2004.

a

Coordenadora e Mediadora

Flávia Maria de Moura Reis - Atuante na Secretaria Municipal de Assistência Social/SAS/CRAS Guaianases desde 2011, Atualmente exercendo a função de Supervisora Técnica de Serviços Conveniados à Proteção Básica.

a

                               10h30 às 12h30
                               Roda simultânea de experiências -  Salas 21, 25, 26, 27 e 29.

12h30 às 14h                Intervalo

14h às 15h                   Apresentação dos Painéis

a

                               15h às 17h
                               Fórum

a

Mediação:

Profª Mariana Prioli Cordeiro - Possui graduação em Psicologia pela Universidade Estadual de Londrina (2004), mestrado e doutorado em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007 e 2012). Realizou estágio doutoral na Universidade Autônoma de Barcelona (UAB), no departamento de Psicologia Social, e pós-doutorado no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP). Atualmente, é professora do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho do Instituto de Psicologia da USP. Tem experiência na área de Psicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Psicologia Social, Metodologia, Teoria Ator-Rede, Estudos Sociais da Ciência, Abordagens (pós) construcionistas e políticas públicas de assistência social.

a

Joari Aparecido Soares de Carvalho - Psicólogo social. Atua na Vigilância Socioassistencial e atuou em Creas, em Suzano, SP. Conselheiro da gestão 2013-2016 do CRP 06 - SP, compõe o Núcleo de Assistência Social - NAS, o Núcleo Metropolitano de Psicologia na Assistência Social - Numpas e representante do CRP no Fórum Estadual de Trabalhadoras e Trabalhadores da Assistência Social - FETSuas-SP.

 

Relatores (as) dos grupos de apresentação e debate sobre as práticas

a

                               17h  Encerramento

Informações: 
Departamento de Eventos do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo – CRP 06
Tel.: 3061.9494, ramais 334, 336, 337, 355, 356 e 357 

a
E-mail:  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

a

Historicamente, a psicologia esteve presente nos mais diversos e fragmentados serviços e espaços da Assistência Social; contudo, após a implementação do Sistema Único de Assistência Social – Suas, houve uma importante ampliação da participação desses profissionais contribuindo com seu suporte técnico, ético e político na consolidação dos princípios e preceitos desta Política Pública de garantia de direitos de proteção social.

a

Nesse sentido, após os 10 anos de criação e implantação do Suas, em fases diferentes em cada lugar, seja em espaços de serviços públicos, entidades de assistência social, conselhos de direitos e de políticas, de fóruns, de movimentos sociais, nos diferentes territórios, as contribuições da psicologia na efetivação da Política de Assistência Social compõem estratégias de intervenção, metodologias de trabalho e práticas que buscam o reconhecimento de questões subjetivas, vivências comunitárias e atuações ético-políticas no enfrentamento das injustiças sociais.

a

Trata-se de um sistema que propõe, além das aquisições materiais, aquelas do âmbito das subjetividades dos sujeitos, tais como autonomia, o protagonismo e a ativa participação das pessoas na elaboração dos plano de seus atendimentos. Nesse contexto, os trabalhadores se deparam com inúmeros desafios relacionados à superação de antigas práticas, mas ainda hegemônicas, principalmente ligadas ao clientelismo, ao assistencialismo, ao primeiro-damismo, ao sucateamento dos serviços públicos, à falta de planejamento e, sobretudo, à reprodução da culpabilização das pessoas pela sua condição socioeconômica.

a

OBJETIVOS:

  • Dar visibilidade aos trabalhos realizados de psicologia ou interdisciplinares por psicólogas na Assistência Social
  • Promover intercâmbios sobre práticas, vivências e metodologias de trabalho
  • Colaborar no aprimoramento do exercício profissional na assistência social numa perspectiva técnica, ética e política
  • Estimular a pesquisa e formação sobre a participação da psicologia nos diversos espaços da Assistência Social
  • Fomentar e qualificar o debate sobre a identidade da psicologia na Política de Assistência Social

a

PÚBLICO:
Profissionais, estudantes, professores, pesquisadores da psicologia e de outras profissões, movimentos, conselheiros e gestores de assistência social e, sobretudo, cidadãos de direito da assistência social.

--

 


Instituto de Psicologia da USP

Av. Prof. Mello Moraes 1721
CEP 05508-030
Cidade Universitária - São Paulo - SP

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.