I Seminário de Estética Social: Perspectivas em Artes e Engajamento | 10 e 11/11/2016 Imprimir E-mail
Notícias - Eventos

|

Para se inscrever, clique aqui

Programação:

Dia 10

Recepção (8h30)

Mesa de abertura (9h) Profa. Marilene ProençaRebello de Souza – Diretora do Instituto de Psicologia da USP | Profa. BelindaPiltcher HaberMandelbaum – Chefe do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho do IP/USP |
Prof. Arley Andriolo – Laboratório de Estudos em Psicologia da Arte & Comissão de Cultura e Extensão do IP/USP

|
Conferências de abertura (9h30-10h30)
The Case for Social Aestheticsvideo-conferência com o Prof. Arnold Berleant – Professor Emérito de Filosofia na Universidade de Long Island (EUA), ex-presidente da International Association of Aesthetics (IAA), editor de Contemporary Aesthetics.

|
Intervalo (10h30-11h)

|
A música que tece o social (11h-13h)

|
Conhecer-se por meio do encontro musical com o outroMarcelo Silveira Petraglia (Instituto Ouvir Ativo)
|
 “A experiência estética tecida pelo canto no processo social: sensibilidade, tempo e pertencimento
Cecília Valentim (Arte do Ser Cantante e Instituto de Psicologia/USP)

Mediador
Fábio Cintra (Escola de Comunicações e Artes/USP)

|
Almoço (13h-14h)
|

“Espaços da Memória” – Uma intervenção através de imagens em São Luís do Paraitinga (14h-15h30h) 
Luiz Otávio de Santi (Cineasta, Instituto de Psicologia/USP)
Ary Diesendruck (Fotógrafo Profissional, Fundação Armando Álvares Penteado/FAAP)
André Fratti Costa (Olhar Periférico, FAAP e Academia Internacional de Cinema)

BelindaMandelbaum (Laboratório de Estudos da Família, Instituto de Psicologia/USP)

|
Intervalo (15h30-16h)

|
Pesquisa com imagens, inter-relações entre territorialidade e sensibilidade (16h-17h30)

A imagem do lugar e a imagem no lugar: uma janela para a alma" Denise Batista Pereira Jorge (Instituto de Psicologia/USP)

De Paraty à Monte Azul: fotografias e percepções de quem esteve lá Lígia Ungaretti Jesus – (Instituto de Psicologia/USP)
Tiago Marin – Mediador

|
Dia 11 – Sexta-feira

Abertura dos trabalhos (8h30)

|
“As imagens e a construção de intervenções no campo social”
(9h-10h)
Arnaldo Alves da Motta (Instituto Fonte para o Desenvolvimento Social)

|
Intervalo (10h-10h30)

|
Roda de conversas: trabalhos selecionados (10h30-12h)

 “A dança como agente humanizador e de resgate do feminino na internação psiquiátrica Danielle Vieira de Aragão Bevilaqua 

Aura e experiência, ou a experiência da aura: o problema da mediação em W. Benjamin Luciana Dadico

Performance estética da mídia: a representação do usuário de crack Letícia Ferreira Menezes e Richard  de Oliveira 

Coletivo espontaneísta: a caminho de uma década de insurgências poéticas– Fábio Martins e Dolores Galindo

Reflexões sobre a importância do olhar ético-estético na história contemporânea a partir do livro ‘Canto geral’, de Pablo NerudaThiago Domingues 

“A Forma e o olhar: Mário Pedrosa e a introdução da gestalt na Crítica brasileira” – Gabriela Borges Abraços

Psicologia e arte: diálogos metodológicos e interpretativos– Gustavo Pilão Ramos

|
“O cantador tradicional, cantos em desafio e valores comunitários” (12h-13h)

Ricardo Mendes Mattos (Pesquisador da cultura tradicional de São Luiz do Paraitinga)

|
Almoço (13h-14h)

|
Arte, Afeto e Transformação Social: a perspectiva de Vigotski e Espinosa
(14h-15h30)

Teatro e o fortalecimento de grêmios escolares: por um teatro social dos afetosKelly di Bertolli (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)

"Arte periférica: entrelaçamentos políticos-afetivos e transformação social" – Róger Itokazu (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)

Mediador
Alex Moreira Carvalho (Universidade Presbiteriana Mackenzie)

|
Mesa de encerramento (15h30-17h)

Prof. Gustavo Martineli Massola Laboratório de Psicologia Sócio-Ambiental e Intervenção, IP/USP
Profa. Bader Burihan Sawaia Professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Social e Coordenadora do Núcleo de Estudos da dialética exclusão/inclusão (NEXIN)

|
Apresentação
A proposta deste encontro surgiu da convergência entre os estudos do Laboratório de Estudos em Psicologia da Arte (IP/USP) e do Laboratório de Psicologia Sócio-Ambiental e Intervenção (IP/USP), assim como das conversas com pesquisadores reunidos na disciplina Arte do Processo Social (Pós-Graduação do IP/USP) e do Grupo de Estudos em Fenomenologia e Percepção (Propileus, IP/USP). Duas perspectivas conduziram as conversas iniciais: de um lado, os artistas que propõem intervenções em grupos sociais específicos através de suas habilidades estéticas, de outro lado, aqueles agentes sociais que promovem intervenções cuja atuação releva as qualidades estéticas do fenômeno social. Este encontro busca estabelecer a ponte entre essas duas perspectivas, bem como ligar as práticas sociais ao debate acadêmico. A organização foi pensada de modo a contemplar pontos de vista e abordagens teóricas diferentes sobre essas perspectivas. O centro temático é a noção de “estética social”, por meio da qual o conceito de estética distingue-se das categorias do campo artístico, referindo o conhecimento sensível resultante da reflexão sobre a prática social. 

|

Objetivos
Rever o conceito de engajamento considerando as diversas perspectivas em agentes e organizações sociais. Estabelecer diálogos entre os diversos agentes pertinentes ao domínio da estética social. Contribuir para a produção de uma forma de conhecimento que considere a experiência estética como um dos fundamentos da vida humana, em suas condições sociais e históricas específicas. 

|

Participantes e inscrições
O I Seminário de Estética Social: Perspectivas em Artes e Engajamento está aberto, gratuitamente, a pesquisadores, estudantes e agentes sociais que atuem ou tenham interesse no conhecimento e práticas das artes em contextos sociais específicos.

O número de vagas será de 250 e o prazo para inscrição fica condicionado ao preenchimento desse número. Ouvintes também poderão se inscrever.
|

Para se inscrever, clique aqui

|

Apresentação de trabalhos
Os interessados em compartilhar pesquisas e experiências na área são convidados a inscreverem seus trabalhos na forma de painéis, conforme modelo abaixo, até o dia 10/10/2016. Os trabalhos serão avaliados pela Comissão Científica do evento e os candidatos serão informados dos resultados também até 10/10/2016.

|

As propostas devem ser enviadas para o e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
|

ORIENTAÇÕES PARA CONFECÇÃO DE PAINÉIS CIENTÍFICOS
Noções gerais de painel

• Explanação do assunto de uma maneira informal
• O painel deve ser auto-explicativo
• Evitar muito conteúdo escrito ou letras pequenas
• Dê preferência para colocar o conteúdo em forma de tópicos
• Deve-se conseguir ler o painel a 1 metro de distância
• Colocar ilustrações de ótima qualidade
• Deve ser visualmente atrativo, com pouco texto e mais ilustrações
• O título de cada tópico a ser desenvolvido deverá aparecer em letras maiúsculas

Estrutura do painel
Tópicos a serem considerados:
• Cabeçalho
• Resumo
• Introdução
• Objetivo
• Resultados e discussão
• Conclusão
• Referências (opcionais, só aparecem quando houver citação no texto)
Características físicas:
• Dimensões: 90 cm de largura por 1,20 m de altura
• Material de impressão: lona ou papel com caneleta e barbante para pendurar.

|

Figuras e tabelas
• As figuras e tabelas deverão ser colocadas para ilustrar o painel e deixá-lo auto-explicativo.
• Deverão ser citadas no texto, se esta citação estiver entre parênteses deve-se abreviar da seguinte forma Fig. ou Tab., se estiver no texto devem ser escritas por extenso.
• As figuras e tabelas serão numeradas sequencialmente com algarismos arábicos.
• Inserir uma legenda explicando o seu conteúdo. As legendas devem ser posicionadas em cima das tabelas e abaixo das figuras.

Importante:

• Os participantes deverão chegar no vão livre do Bloco G no mínimo 30 minutos antes do horário previsto para sua apresentação.

• Os painéis deverão ser retirados ao final do período. Aqueles que forem deixados no local serão descartados.

|

Proposta de orientação quanto ao formato de resumos 

a) O resumo deve conter entre 2000 e 3000 caracteres (com espaço, exceto título e palavras-chave) e ser apresentado em parágrafo único.

b) Deverão ser apresentadas de 3 a 5 palavras-chave.

c) O resumo não poderá conter tabelas, figuras, imagens, caracteres especiais, notas de rodapé, citações e referências.

d) O resumo pode apresentar os seguintes elementos: Tema, Problema de Pesquisa e Hipóteses, Objetivos, Metodologia e Resultados Parciais ou Finais da Pesquisa. Esses elementos podem servir de orientação para a elaboração do resumo, mas são apenas recomendações.

|

Critérios de avaliação dos resumos

a) Fundamentação e relevância do estudo;

b) Qualidade gramatical do texto;

c) Objetividade;

d) Adequação do método aos objetivos propostos;

e) Clareza na apresentação dos resultados e sua discussão;

f) Cumprimento das normas para elaboração dos resumos.

|

Obs.: Os resumos deverão ser enviados em arquivo de texto (formato docx ou PDF) para o e-mail do evento, destinado ao recebimento de trabalhos. Uma vez aprovado, seu resumo será publicado nos Anais do Seminário.

|

|

Vagas 200 pessoas | Evento gratuito

|

|

Certificados
Todos os inscritos que registrarem presença no I Seminário receberão, via e-mail o certificado de participação no I Seminário de Estética Social em formato digital. Os participantes que apresentarem trabalho receberão o certificado digital contendo o tipo de atividade, o título e o nome de todos os autores do trabalho. Será emitido um certificado por trabalho e enviado ao e-mail do primeiro autor.

|

Realização
Laboratório de Estudos em Psicologia da Arte, IP/USP

Laboratório de Psicologia Sócio-Ambiental e Intervenção, IP/USP
Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, IP/USP

|

Apoio
Eventos IPUSP
|

COMISSÃO ORGANIZADORA
Arley Andriolo

Gustavo Martineli Massola
Marcelo Petraglia
Eliane Follador

|

COMISSÃO CIENTÍFICA
Arley Andriolo

Cecília Valentim
Denise Batista Pereira Jorge
Eliane Follador
Gustavo Martineli Massola
Ivy Lima e Silva
Mara Aline de Campos
Marcelo Petraglia

|

Local
Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP) 

Av. Prof. Mello Moraes, 1721, bloco G, térreo, Auditório Carolina Bori

|

COMISSÃO ORGANIZADORA
Arley Andriolo

Gustavo Martineli Massola
Marcelo Petraglia
Eliane Follador

|

COMISSÃO CIENTÍFICA
Arley Andriolo

Cecília Valentim
Denise Batista Pereira Jorge
Eliane Follador
Gustavo Martineli Massola
Ivy Lima e Silva
Mara Aline de Campos
Marcelo Petraglia

 


Instituto de Psicologia da USP

Av. Prof. Mello Moraes 1721
CEP 05508-030
Cidade Universitária - São Paulo - SP

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.