II Seminário de Estética Social: Imagem e Comunidade | 21 e 22/9/2017 Imprimir E-mail
Notícias - Eventos

21 e 22 de setembro de 2017 (quinta e sexta-feira, das 8h às 17h)

Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Av. Prof. Mello Moraes, 1721, bloco G, térreo, Auditório Carolina Bori

Inscrições gratuitas no local.
Número de vagas está limitado a 200, as inscrições ficam condicionadas ao preenchimento desse número.

Programação:

Dia 21 – QUINTA-FEIRA

Recepção (8h)

Mesa de abertura (8h30)
Profa. Marilene Proença Rebello de Souza – Diretora do Instituto de Psicologia da USP
Prof. Gustavo Martineli Massola – Vice Chefe do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho do IP/USP
Prof. Arley Andriolo – Laboratório de Estudos em Psicologia da Arte, IP/USP

Intervenção (8h45-9h15)
“Música das comunidades tradicionais”
Ronnie de A. A. da Silva – FE/USP e Gustavo Pilão Ramos – IP/USP

Conferências de abertura (9h15-10h)
Prof. Norval Baitello Júnior – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Centro Interdisciplinar de Pesquisas em Semiótica da Cultura e da Mídia – CISC

Intervalo (10h-10h30)

Mesa: Imagem e Comunidade: perspectivas em psicologia social (10h30-12h)
Prof. Arley Andriolo – Laboratório de Estudos em Psicologia da Arte, IP/USP
Prof. Gustavo Martineli Massola – Laboratório de Psicologia Socioambiental e Intervenção, IP/USP

Almoço (12h-13h30)

Apresentações de trabalhos (13h30-15h30) – SALA AURORA

Roda de conversa 1: Sobre Estereótipos, Afetos e Mulheres

1. “Beleza É Comportamento”: um estudo comportamental do estereótipo social, por meio do Halo Effect – Patricia Alencar
2. Iqhiya: Um olhar sobre o significado e a simbologia do uso de turbantes por mulheres negras. Conexão: Brasil, África do Sul e Moçambique – Rosyane Silva
3. Imagem e autoimagem: recortes estético-sociais da pesquisa com os rappers do Grupo Realidade Negra do Quilombo do Campinho da Independência – Renata Spinelli
4. Cardcaptor Sakura: as relações afetivas e sexualidade em quadrinhos japoneses – Laura Gassert
5. Arte e feminilidade: reflexões sobre a misoginia a partir de um ensaio erótico – Jade Almeida e Renato Capelozza

Roda de conversa 2: A Autopercepção e o Corpo por Meio da Arte

1. A arte como marca subjetiva: Relato de uma Sensibilizartista – Debora Corsino
2. Percepção artística, experiência sensível e capital cultural: impactos na fruição da Universidade – Priscila Fér
3. Para uma Psicologia Social Artística: rede de experiências de conexão comunitária a partir do corpo – Alejandra Cedeño
4. Corpo, dança e psicologia: a dança como forma de potencialização – Bruna Mota
5. O verbo se fez imagem: construção de uma narrativa autobiográfica pela colagem – Ana Valadão

Intervalo (15h30-16h)

Palestra: Métodos visuais: questionamentos epistemológicos sobre sua atualidade interdisciplinar – SALA AURORA (16h-17h30)
Prof. Jacques Ibanez Bueno – Université Savoie Mont Blanc, França
Prof. Dr. Luiz Otavio de Santi

Dia 22 – SEXTA-FEIRA

Abertura dos trabalhos (8h00)

Palestra: “Ver” a pobreza urbana através do uso de métodos visuais: sem-tetos, mimesis e flânerie
(8h30-9h30)
Prof. Darrin James Hodgetts – Massey University, Nova Zelândia
Prof. Dr. Lineu Norio Kohatsu, IP/USP

Intervalo (9h30-10h)

Mesa (10h-12h)
“A música como via de acesso às populações tradicionais e seus territórios. Dilemas socioambientais na preservação da cultura e do meio ambiente. Fandango: um estilo musical em extinção?”
Ricardo Leal & Leonardo Mello (Instituto C de Cultura, São Paulo)

Almoço (12h-13h)

Apresentações de trabalhos (13h30-15h30)

Roda de conversa 3: As Imagens: do Pré-histórico ao Atual

1. Fotografia: a experiência estética como lugar de manifestação da verdade social – Ive Braga
2. Por que os jovens fazem selfies? – Isis Silva
3. Imagens rupestres, memória e imaginação à luz de Aby Warburg – Ana Elisa Viviane
4. Imagens e Vínculos nas Atividades Educativas do Ceibal- Helena Maria Cecilia Navarrete
5. A cidade fala: uma leitura atenta de imagens e sinais urbanos – Paulo Barja e Claudia Lemes

Roda de conversa 4: Clínicas, Intervenções e Artes

1. Música, jogos e saúde: as representações constituídas em uma enfermaria onco-hematológica- Paulo Miranda
2. As imagens do som: análise de desenhos produzidos por crianças/adolescentes após audição de música erudita e funk- Paulo Barja e Claudia Lemes
3. A Clínica como Outra Coisa: reachado, riachado, riu achado- Vivian Karina da Silva, Flávia Verceze e Tamires Duarte
4. A experiência de vistar exposições artísticas com mulheres usuárias dos serviços de saúde mental em Santos- Liah Cavalcante
5. Múltiplos olhares: imagens de uma escola pública ocupada no interior do Estado de São Paulo- Paulo Barja e Claudia Lemes

Plenária e encerramento (15h30-17h00)
Profa. Dra. Cérise Alvarenga – UEMG & Prof. Dr. Prof. Marcelo Petraglia – Instituto OuvirAtivo

COMISSÃO ORGANIZADORA
Arley Andriolo
Cecília Valentim
Cérise Alvarenga
Eliane Follador
Gustavo Martineli Massola
Gustavo Pilão Ramos
Mara Aline de Campos
Marcelo Petraglia

Realização:
Laboratório de Estudos em Psicologia da Arte, IP/USP
Laboratório de Psicologia Socioambiental e Intervenção, IP/USP
Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, IP/USP
Comissão de Cultura e Extensão, IP/USP
Grupo de Estética Social, GES, IP/USP

Apoio:
Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade de São Paulo
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP
Banco Santander – Edital de Apoio à realização de Evento Científico (2017)
Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, IP/USP

Anúncios

Envio de resumos: até 06/08/2017
Site:https://grupoesteticasocial.wordpress.com

Interessando em conhecer
a arte no social
ou a arte do social?
Venha compartilhar seu trabalho!

|

Quando:
Dias 21 e 22 de setembro de 2017
Quinta-feira e sexta-feira, das 8h às 17h

|

Onde:
Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP/USP
Auditório Carolina Bori, Av. Prof. Mello Moraes, 1721, bloco G, térreo.

|

Quanto:
Evento gratuito (vagas limitadas 200 pessoas)

|

Apresentação:

Em sua segunda edição, o foco do Seminário de Estética Social será os desafios das imagens na pesquisa, particularmente no conhecimento de comunidades. No campo da psicologia social, é crescente o número de referências a imagens, seja de modo específico acerca dos métodos visuais, seja de modo amplo sobre o lugar das imagens em nossa vida social, o imaginário e a imaginação. Ao mesmo tempo, as diversas proposições em torno de comunidades suscitam muitas indagações. Comunidade é uma união entre pessoas baseada em vínculos sociais e psíquicos, cujos significados podem ser compreendidos através das imagens, das artes e da experiência estética.

|

Os objetivos deste encontro são:

1.      Refletir sobre as relações da psicologia com os estudos dedicados às imagens, particularmente na atuação em comunidades.

2.      Discutir como o conhecimento sensível aplica-se à vida comunitária, em uma forma de pesquisa compartilhada.

3.      Compreender o conceito de experiência estética através das imagens, de modo unificado pelo corpo, em suas múltiplas categorias de significados.

|

Chamada de trabalhos:

Os interessados em compartilhar pesquisas e experiências estão convidados a inscrever seus trabalhos através de resumos, conforme modelo abaixo e enviá-los até o dia 06/08/2017. Os trabalhos serão avaliados pela Comissão Organizadora do evento e os candidatos serão informados dos resultados até 20/08/2017.

||

As propostas devem ser enviadas para o e-mail:
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

|
Orientação quanto ao formato de resumos

a) O resumo deve conter entre 2000 e 3000 caracteres (com espaço, exceto título e palavras-chave) e ser apresentado em parágrafo único.

b) Deverão ser apresentadas de 3 a 5 palavras-chave.

c) O resumo não poderá conter tabelas, figuras, imagens, caracteres especiais, notas de rodapé, citações e referências.

d) O resumo pode apresentar os seguintes elementos: Tema, Problema de Pesquisa e Hipóteses, Objetivos, Metodologia e Resultados Parciais ou Finais da Pesquisa. Esses elementos podem servir de orientação para a elaboração do resumo, mas são apenas recomendações.

||

Critérios de avaliação dos resumos

a) Fundamentação e relevância do estudo;
b) Qualidade gramatical do texto;
c) Objetividade;
d) Adequação do método aos objetivos propostos;
e) Clareza na apresentação dos resultados e sua discussão;
f) Cumprimento das normas para elaboração dos resumos.

||

Obs.: Os resumos deverão ser enviados em arquivo de texto (formato docx ou PDF) para o e-mail do evento, destinado ao recebimento de trabalhos. Uma vez aprovado, seu resumo será publicado nos Anais do Seminário.

|

Os Seminários de Estética Social (SES)

Os Seminários de Estética Social surgiram como espaço de diálogo entre os interessados em entender o lugar das artes na vida social. Reconhecemos as múltiplas repercussões das artes em nossa sociedade, bem como atentamos para os artistas cuja proposição atinge grupos sociais específicos, por fim, consideramos as intervenções que revelam as qualidades estéticas do fenômeno social.

|

Nossos diálogos buscam estabelecer uma ponte entre as práticas sociais e o debate acadêmico. A organização contempla pontos de vista e abordagens teóricas diferentes. O centro temático é a noção de “estética social”, fomentada pelo filósofo Arnold Berleant, por meio da qual o conceito de estética vai além das categorias artísticas, referindo o conhecimento sensível resultante da reflexão sobre a prática social.

|

COMISSÃO ORGANIZADORA

Arley Andriolo
Cecília Valentim
Cérise Alvarenga
Eliane Follador
Gustavo Martineli Massola
Gustavo Pilão Ramos
Mara Aline de Campos
Marcelo Petraglia

|

Realização:
Laboratório de Estudos em Psicologia da Arte, IP/USP
Laboratório de Psicologia Socioambiental e Intervenção
, IP/USP
Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, IP/USP
Comissão de Cultura e Extensão, IP/USP
Grupo de Estética Social, GES, IP/USP

|
Apoio:

Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade de São Paulo
Banco Santander -  Edital de Apoio à realização de Evento Científico (2017)
Eventos IP/USP

 


Instituto de Psicologia da USP

Av. Prof. Mello Moraes 1721
CEP 05508-030
Cidade Universitária - São Paulo - SP

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.