Colóquio: A Psicanálise nos espaços públicos | 20 a 22/3/2018 Imprimir E-mail
Notícias - Eventos

Lacan, em 1953, formula: "Deve renunciar à prática da psicanálise todo analista que não conseguir alcançar em seu horizonte a subjetividade de sua época". A experiência da “Clínica do cuidado”, realizada em Altamira, e a modalidade de intervenção nas urgências sociais, que constitui “A psicanálise nas situações sociais críticas” realizada em diversas cidades do país, são abordagens de território assumidas por psicanalistas e que agora convidam, para um fórum de debates e para uma plenária, outros analistas que se aventuram e lançam a psicanálise nos espaços públicos das cidades.

a

Programação:
a

20/03/2018, terça-feira
17h30 às 22h
Sede do Fórum do Campo Lacaniano/SP: Av. Brasil, 2101 - São Paulo, SP

a
Apresentação do documentário: "Eu +1: Uma Jornada de Saúde Mental na Amazônia", de Eliane Brum
Debate com: Eliane Brum, Ilana Katz, Christian Dunker e Luciana Guarreschi

a
Dia 21/03//2018
Inscrições: https://goo.gl/forms/jWyXVrkLOYBbEjIh1
Instituto de Psicologia - USP

a

9h
Apresentação dos eixos da discussão
Emília Broide e Ilana Katz 

a

9h30 -11h30
A Clínica do cuidado: intervenção com a população ribeirinha do Xingu atingida por Belo Monte 
Christian Dunker, psicanalista, prof. titular IP/USP, Ilana Katz, psicanalista, pesquisadora de pós doutorado no IP/USP
A psicanálise nas situações sociais críticas 
Emília Broide, psicanalista, PSOPOL/USP, Jorge Broide, psicanalista, PUC/SP e comentários de Ricardo Teixeira, Departamento de Medicina Preventiva da FM/USP

.

11h30
Debate

a

12h30- 14h
intervalo para o almoço

a

14h
Políticas de Saúde, Psicanálise e o lugar do analista
Maria Lívia Moretto, psicanalista, professora IP/USP

A clínica psicanalítica frente ao desamparo social e discursivo: direção e estratégias
Miriam Debieux Rosa, psicanalista, professora IP/USP, coordenadora do Laboratório Psicanálise e Sociedade (PSOPOL/USP) e do Grupo Veredas: imigração e psicanálise

a

16- 18h
Duas práticas clínicas da psicanálise no espaço público: uma experiência de psicanálise na Escola Florestan Fernandes/MST. 
Maria Rita Kehl, psicanalista, escritora. Foi membro da Comissão da Verdade e Psicanalista na Escola Florestan Fernandes de 2006 a 2011

A Casa dos Cata-ventos: intervenção clínico-política com crianças e adolescentes em contexto social crítico
Sandra Djambolakdjian Torossian, psicanalista, professora do departamento de Psicanálise e Psicopatologia e do PPG em Psicanálise: clínica e cultura do IP/ UFRGS. Membro da APPOA.

a
22/3/2018
9h - 11h

Quatro práticas clínicas da psicanálise no espaço público

Dinheiro Não - Contragolpe Afetivo diante do Desastre: As Clínicas Abertas de Psicanálise na Casa do Povo e na Praça Roosevelt - SP
Aldo Zaiden, Psicanalista, mestre ICS-UnB e Tales Ab’Saber, Psicanalista e Professor da UNIFESP

A formação nas margens
Rafael Alves Lima, psicanalista, doutorando - IP/USP, membro do Margens Clínicas

O trabalho em rede na clínica com imigrantes
Pedro Seincman, psicanalista, mestre pela PUC/SP e supervisor clínico do Grupo Veredas: psicanálise e imigração

A clínica como anteparo à violência nos contextos de uso de drogas
Rodrigo Alencar psicanalista, pesquisador de pós-doc na PUC - SP

a

11h-12h
Debate sobre as práticas

a

12h-13h30
intervalo para almoço

a

13h30 as 18h
Plenária 
Reunir e inscrever perspectivas de discussão de práticas clínicas da psicanálise que tenham em seu horizonte a subjetividade da época. Para tal, a presença ativa dos participantes do colóquio, envolvidos direta ou indiretamente nestas e noutras experiências, é fundamental para a invenção e para a fundamentação das alternativas.

 


Instituto de Psicologia da USP

Av. Prof. Mello Moraes 1721
CEP 05508-030
Cidade Universitária - São Paulo - SP

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.