Plano de Metas Imprimir E-mail
Institucional - IPUSP

tit_institucional

Gestão 2008-2011


Objetivo 1 - Planejamento e  Gestão do IPUSP
Objetivo 2 - Melhoria da Qualidade na Formação dos Graduandos em Psicologia
Objetivo 3 - Ampliação da Excelência dos Programas de Pós-Graduação do IPUSP
Objetivo 4 - Fortalecimento da Atividade de Pesquisa no IPUSP
Objetivo 5 - Fomento das Atividades de Cultura e Extensão na Unidade
Objetivo 6 - Reestruturação do Centro de Atendimento Psicológico (CAP)
Objetivo 7 - Ampliação do Centro de Preservação da Memória Institucional do IP
Objetivo 8 - Consolidação do Centro Latino-Americano de Informação em Psicologia
Plano de Metas dos Departamentos


Ações das Assistências para viabilizar o plano de Metas da Unidade para 2009





OBJETIVO 1: PLANEJAMENTO E GESTÃO NO IPUSP

META 1: Promoção de gestão participativa

Descrição: Visamos investir em planejamento e gestão na unidade.

Ação 1: Gestão participativa, baseada em compartilhamento de informações e cooperação.

Ação 2: Elaboração de um projeto de reestruturação de organograma técnico-administrativo levando em conta as novas necessidades da unidade, dando continuidade ao projeto iniciado na gestão anterior.

Ação 3: Recuperação/Expansão do Quadro Docente do Instituto.

Ação 4: Recuperação/Expansão do Quadro de Servidores não-docentes de Apoio do Instituto.



OBJETIVO 2: MELHORIA DA QUALIDADE NA FORMAÇÃO DOS GRADUANDOS EM PSICOLOGIA


META 1: Avaliação do currículo atual do curso de graduação em psicologia do IP

Descrição: Visamos aprimorar a qualidade da formação oferecendo uma visão abrangente e plural da psicologia como ciência e profissão, para promover o espírito crítico e preparar os estudantes para os desafios de condições novas de exercício profissional e produção de conhecimento. Visamos também fortalecer a articulação da teoria com a prática, valorizando estágios e participação em atividades de extensão.

Ação 1: Acompanhamento pela Comissão de Graduação, com a participação da comunidade acadêmica, do currículo implantado em 2004 de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais em Psicologia.

Ação 2: Estabelecimento de um processo de avaliação e seguimento das disciplinas do curso de bacharelado e formação de psicólogos.

Ação 3: Avaliação da inclusão do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) como forma de promover a sistematização do conhecimento pelo aluno e a articulação teórico-prática.

Ação 4: Estabelecimento de um processo de avaliação e seguimento das práticas e dos estágios.

Ação 5: Avaliação da necessidade de docentes e de técnicos de apoio à docência e à pesquisa, para garantir um curso de qualidade.


META 2: Avaliação da possibilidade de participação do curso de graduação em psicologia do IPUSP no Pró-Saúde

Descrição: Visamos examinar uma possível adesão da Unidade ao Programa Pró-Saúde do Ministério da Saúde considerando o compromisso com a formação de profissionais aptos a trabalhar na prevenção e promoção da saúde. Esta proposta vem ao encontro do que se discute atualmente em termos de diversificação dos cenários de prática e inserção nos serviços públicos de saúde, no Conselho Federal de Psicologia, no Conselho Regional de Psicologia e na Associação Brasileira de Ensino de Psicologia.

Ação 1: Utilização deste momento de análise e adaptação do currículo para promover o estudo e o debate de uma possível participação do IPUSP no Programa Nacional de Reorientação da Formação do Profissional em Saúde (Pró-Saúde).

Ação 2: Aumento da interlocução com os colegas da Medicina, Enfermagem e Odontologia, para avaliar a sua experiência de participação no Pró-Saúde e possibilidades de projetos conjuntos.


META 3: Implantação do Projeto de Licenciatura na Unidade

Descrição: A inserção da disciplina Psicologia nos currículos do Ensino Médio é hoje um anseio de grande parte da comunidade educacional que valoriza uma formação mais abrangente e socialmente significativa, que propicie uma melhor localização dos estudantes frente à sua cultura e ao lugar que eles ocupam na sociedade. A disciplina de Psicologia é um espaço privilegiado de reflexão sobre temas como sexualidade, drogas legais e ilegais, inserção do jovem no mundo do trabalho, endogrupo e exogrupo e violência.

Ação 1: Acompanhamento pela Comissão de Licenciatura, com participação da comunidade acadêmica, da implantação do projeto de licenciatura.

Ação 2: Estabelecimento de um processo de avaliação e seguimento das disciplinas da licenciatura.

Ação 3: Estabelecimento de um processo de avaliação e seguimento dos estágios da licenciatura.

Ação 4: Avaliação da necessidade de docentes e de técnicos de apoio à docência e estágios, para garantir um curso de qualidade.


META 4: Aprimoramento das condições de funcionamento da graduação

Descrição: Visamos aprimorar a organização e o funcionamento do curso de graduação em psicologia no IPUSP, aumentando a valorização do trabalho docente e melhorando as condições de trabalho. Visamos também ampliar as oportunidades disponíveis para os estudantes.

Ação 1: Valorização do trabalho docente no plano de metas da unidade e dos departamentos, buscando discutir critérios de valorização junto à CERT.

Ação 2: Valorização do RDIDP e o desenvolvimento de projetos que incluam estudantes de graduação.

Ação 3: Realização de Seminários sobre Ensino e Profissão para relato de experiências sobre ensino de psicologia e profissão e discussão de temas atuais (ex: desafio de formar recursos humanos qualificados para o SUS, inserção do psicólogo no Setor de Saúde Suplementar).

Ação 4: Aumento da interlocução entre o IP, o Conselho Federal de Psicologia, o Conselho Regional de Psicologia 6ª Região e a Associação Brasileira para o Ensino de Psicologia.

Ação 5: Incentivo à realização de pesquisas sobre ensino e destino de egressos e divulgação dos resultados na unidade.

Ação 6: Atualização do site da graduação como forma de divulgação de oportunidades para os estudantes, tais como monitorias, bolsas de iniciação científica e bolsas de mobilidade internacional, formulários e regras de preenchimento, assim como oportunidades de emprego para recém-formados.

Ação 7: Instalação de data-show nas salas de aula concedidos pela Pró-Reitoria de Graduação.




 

OBJETIVO 3: AMPLIAÇÃO DA EXCELÊNCIA DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DO IPUSP


META 1: Ampliação do papel de liderança dos Programas e eficiência na formação de recursos humanos

Descrição: Temos hoje no IPUSP cinco cursos de Pós-Graduação considerados de excelência pela avaliação CAPES do triênio 2004-2006: quatro com conceito cinco e um com conceito sete. Estão entre os 40% melhores Programas de Pós-Graduação em Psicologia do país. Visamos criar condições para que eles ampliem seu papel de liderança nas suas respectivas áreas de atuação e a sua eficiência no atendimento das necessidades nacionais e regionais de formação de recursos humanos de alto nível.

Ação 1: Aprimoramento de cada Programa de Pós-Graduação, tomando por base o parecer da comissão externa de avaliação sobre seus pontos fortes e fracos, visando obter notas 6 ou 7.

Ação 2: Apoio ao corpo docente para otimização da sua produção intelectual.

Ação 3: Capacitação dos estudantes de pós-graduação para a produção científica através de cursos de “preparação de artigos”, “Uso de fontes de informação em Psicologia”, “Capacitação na aplicação da Bibliometria e Cientometria como recursos para geração de conhecimento”.

Ação 4: Ampliar a internacionalização dos Programas de Pós-Graduação através da divulgação de convênios de co-orientação visando a dupla titulação, programas de mobilidade internacional e vinda de professores visitantes.

Ação 5: Incentivo para o aumento da cooperação com instituições de ensino e pesquisa nacionais, em adição ao intercâmbio internacional.

Ação 6: Apoio ao trabalho em redes de pesquisa, difundindo cursos e palestras promovidas pelos Programas de Pós-Graduação do IPUSP através de vídeo-conferência.

Ação 7: Aumento da articulação entre a pós-graduação e a graduação, através do incremento da participação de mestrandos e doutorandos no  Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - PAE.

Ação 8: Aumento da visibilidade dos Programas de Pós-Graduação do IP, através da disponibilização de dissertações e teses no Portal Saber, da digitalização retrospectiva de dissertações e teses e da divulgação de teses através da TV-USP.

Ação 9: Divulgação nas páginas Web dos Programas de Pós-Graduação da produção decorrente das suas atividades, tais como artigos científicos e livros.

Ação 10: Estimulo à participação dos docentes na avaliação do sistema de avaliação da Pós-Graduação e na definição de políticas de desenvolvimento da Pós-Graduação.


META 2: Aprimoramento das condições de funcionamento da Pós-Graduação

Descrição: Visamos aprimorar a organização e o funcionamento dos cursos de Pós-Graduação em psicologia no IPUSP, aumentando a valorização do trabalho docente e melhorando as condições de trabalho.

Ação 1: Adequação da CPG e das CCPs ao novo Regimento da Pós-Graduação da USP.

Ação 2: Incentivo à troca de experiências e cooperação entre os cinco Programas do IP.

Ação 3: Incentivo à troca de experiências e cooperação entre coordenadores de Programas de Pós-graduação e a Comissão de Pesquisa do IPUSP, para identificar alternativas para aprimoramento da atividade científica.

Ação 4: Valorização do RDIDP e incentivo à coordenação de redes de pesquisa.

Ação 5; Atualização da página Web dos Programas de Pós-Graduação de acordo com modelo sugerido pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação.

Ação 6: Captação de informações sobre a trajetória profissional dos egressos dos Programas de Pós-Graduação do IP, no Sistema Janus-Egressos.

Ação 7: Incentivo à utilização de papel reciclado e impressão frente-verso nas dissertações e teses e documentos da Secretaria de Pós-Graduação.

Ação 8: Incentivo à produção de artigos científicos oriundos das dissertações e teses defendidas no IP.


OBJETIVO 4: FORTALECIMENTO DA ATIVIDADE DE PESQUISA NO IPUSP


META 1: IP como centro de referência na construção de conhecimento de ponta

Visamos formar pesquisadores e docentes de alto nível para os quadros universitários nas diversas áreas de atuação cobertas pelos departamentos: processos psicológicos básicos, educação, saúde, meio ambiente e trabalho, tornando o IP referência para as instituições que se beneficiam de nossos intercâmbios. Entre 2006 e 2007 a Câmara Brasileira do Livro (CBL) conferiu o Prêmio Jabuti a três livros de autoria de docentes do IP. A produção da unidade ganha visibilidade também no cenário internacional. Visamos criar condições para ampliar nossa atividade de construção de conhecimento de ponta em várias áreas da psicologia e o impacto deste conhecimento.

Ação 1: Expansão de áreas de pesquisa já consolidadas e criação de novas áreas de pesquisa.

Ação 2: Incentivo à cooperação entre docentes dos Departamentos para a realização conjunta de pesquisas e eventos de divulgação;

Ação 3: Busca de novas parcerias, convênios e intercâmbios que propiciem estágios e atividades de pesquisa em cooperação.

Ação 4: Apoio a intercâmbios com centros internacionais de excelência e formalização destes intercâmbios.

Ação 5: Aumento da captação de recursos junto às agências de fomento.

Ação 6: Incentivo a um maior contato dos alunos de graduação com a pesquisa, tanto nas disciplinas, como em termos de treino à pesquisa e iniciação científica.

Ação 7: Incentivo à participação dos alunos em congressos científicos e à obtenção de maior cota de bolsas PIBIC.

Ação 8: Incentivo à continuidade entre a iniciação científica e o prosseguimento dos estudos em nível de pós-graduação.

Ação 9: Aumento do número de pós-doutorandos, jovens pesquisadores e  pesquisadores visitantes na Unidade.

Ação 10: Incentivo a estágios de docentes em outros centros do exterior para aprimoramento ou pós-doutoramento

Ação 11: Incentivo à participação da Unidade no Programa de Pré-Iniciação Científica, voltado para alunos do primeiro e segundo anos do Ensino Médio de escolas públicas, recém-criado pela Pró-Reitoria de Pesquisa.

Ação 12: Apoio à convivência e interação entre pesquisadores sênior e iniciantes sob coordenação dos docentes nos Laboratórios do IP.

Ação 13: Integração da pesquisa com as áreas de graduação, pós-graduação e extensão.

Ação 14: Incentivo à ampla divulgação dos resultados das pesquisas realizadas, em meios nacionais e internacionais, contemplando o equilíbrio entre periódicos, livros e eventos científicos.


META 2: Consolidação dos periódicos do IPUSP

O IPUSP publica cinco periódicos, três deles classificados como Nacional A e dois como Nacional B, segundo o Qualis da CAPES: Revista Psicologia USP, Estilos da Clínica, Revista de Etologia, Cadernos de Psicologia Social do Trabalho e Imaginário. Visamos criar condições para a sua consolidação.

Ação 1: Aprimoramento de cada periódico, tomando por base o parecer da comissão externa de avaliação sobre seus pontos fortes e fracos, visando obter/manter classificação Nacional A.

Ação 2: Inclusão dos periódicos no SciELO como forma de aumentar o impacto da produção científica do IPUSP.

Ação 3: Ampliação dos fascículos acessíveis em formato eletrônico gratuitamente na Internet através do PEPSIC, completando toda a coleção, como forma de ampliar o acesso à produção científica em Psicologia.

Ação 4: Abertura de estágio para estudantes de Letras da FFLCH para contribuir com a revisão de manuscritos.

Ação 5: Incentivar a publicação de artigos de autores de outros países nas revistas editadas pelo IP, objetivando a internacionalização dos periódicos.

Ação 6: Incentivo à indexação das revistas publicadas no IP em bases de dados internacionais, visando melhorar a visibilidade da produção nacional na área e melhor classificação no QUALIS.

Ação 7: Estimular a divulgação das revistas em eventos nacionais e internacionais da área.

Ação 8 – Centralizar o processo de editoração e divulgação das revistas.


META 3: Aprimoramento das condições de infra-estrutura de Pesquisa

Descrição: Visamos aprimorar a organização e o funcionamento dos laboratórios e das comissões de apoio à atividade de pesquisa, para torná-la mais ágil e eficiente.

Ação 1: Melhoria da infra-estrutura administrativa de pesquisa e convênios na unidade.

Ação 2: Melhoria da infra-estrutura da Comissão de Ética atendendo as recomendações da CONEP.

Ação 3: Atualização do site da Comissão de Pesquisa.

Ação 4: Valorização do RDIDP como condição necessária para criação de um ambiente de pesquisa na unidade.

Ação 5: Ampliação e re-equipamento dos laboratórios.

Ação 6: Solicitação de claro à Reitoria para substituição de funcionário por motivo de aposentadoria.

Ação 7: Incentivo à solicitação de pessoal de apoio técnico através do Programa de Concessão de Pessoal Técnico de Nível Superior (PROCONTES) da Pró-Reitoria de Pesquisa e de bolsas de apoio técnico junto a agências de fomento.


 

OBJETIVO 5: FOMENTO DAS ATIVIDADES DE CULTURA E EXTENSÃO NA UNIDADE

Meta 1: IP como centro de referência em atividades de extensão e cursos de aprimoramento profissional

Descrição: O IP está comprometido com sua missão de difundir conhecimentos e de prestar serviços à comunidade e se esforçando em atender a demanda crescente nestes setores. A atividade de cultura e extensão do IP pode ser avaliada através: do número de cursos e eventos oferecidos; da variedade e relevância dos temas destes cursos e eventos; e da ampliação do atendimento a segmentos da população sem condições econômicas de acesso a tratamentos psicológicos. Visamos ampliar e organizar estas atividades.

Ação 1: Expansão de atividades de extensão já consolidadas e criação de novas atividades, valorizando projetos de extensão com a marca da originalidade, envolvidos com a investigação de novas frentes de serviço e de intervenção psicológica.

Ação 2: Elaboração de um Programa de Cursos de Especialização, como parte de um Projeto de Residência visando o aprimoramento profissional.

Ação 3: Estimulo à participação dos estudantes de graduação na disciplina “Ações Comunitárias”.

Ação 4: Oferecimento de cursos de extensão noturnos, de acordo com solicitação feita pela Ouvidoria Geral da USP.

Ação 5: Discutir a Educação a Distância como um meio relevante para a consecução dos objetivos da extensão universitária;

Ação 6: Apoio ao Serviço de Orientação Profissional para participação no Projeto “A universidade e as profissões” da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão.

Ação 7: Apoio à participação do IP no Programa da Universidade Aberta à Terceira Idade na USP da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão.


Meta 2: Aprimoramento das condições de funcionamento da Secretaria de Cultura e Extensão

Descrição: Visamos aprimorar as condições de funcionamento da Secretaria de Cultura e Extensão, para torná-la mais ágil e eficiente.

Ação 1: Solicitação de claro à Reitoria para substituição de funcionário por motivo de aposentadoria.



 

OBJETIVO 6: REESTRUTURAÇÃO DO CENTRO DE ATENDIMENTO PSICOLÓGICO (CAP)


META 1: CAP como Clínica-Escola de referência

Descrição: O CAP, como um centro de atendimento vinculado a uma unidade universitária, presta serviços à população integrando atendimento com tarefas de ensino e pesquisa. Tem uma estrutura funcional própria, com uma Comissão de Coordenação, aprovada pela Congregação da Unidade, encarregada de administrar as atividades desempenhadas no Centro. Esta Comissão tem a função de traçar as diretrizes de desenvolvimento dos serviços, da pesquisa e dos estágios no Centro, visando aumentar a sua integração, ampliação da sua visibilidade e interação com a sociedade.

Ação 1: Convite para participação permanente de um representante da Comissão de Coordenação do CAP na Congregação.

Ação 2: Convite para participação permanente de um representante da Comissão de Coordenação do CAP no CTA.

Ação 3: Elaboração de um projeto integrado do CAP, com Serviços articulados.

Ação 4: Melhora da comunicação do CAP com os Departamentos e com as Comissões de Graduação, de Pós-Graduação, de Pesquisa e de Extensão.

Ação 5: Análise da participação da Psicologia no Programa Pró-Saúde, visando a formação de profissionais aptos para atuar em Serviços de Saúde Mental Pública.

Ação 6: Dimensionamento da participação da Psicologia no Programa de Prevenção e Tratamento do Uso de Álcool e Drogas da USP.

Ação 7: Aprimoramento da política interna e externa de dotação orçamentária do CAP.

Ação 8: Mudança de foco de Serviço Acadêmico (funcionamento no ritmo do ano escolar) para Serviço de Atendimento em que o aluno também estagia (funcionamento de janeiro a dezembro).

Ação 9: Inserção dos estudantes de graduação no CAP desde o início do curso, com treinamento e supervisão, participando do acolhimento dos clientes.

Ação 10: Ampliação da interação com o Hospital Universitário.


META 2: Aprimoramento das condições de funcionamento do CAP.

Descrição: Visamos aprimorar as condições de funcionamento dos Serviços, para torná-los mais ágeis e eficientes.

Ação 1: Ampliação do horário de funcionamento para atender a demanda dos usuários por atendimento em período noturno e aos sábados.

Ação 2: Informatização do agendamento de consultas e reserva de salas.

Ação 3: Melhora da sinalização de serviços para facilitar a orientação dos usuários.

Ação 4: Criação de um Livro do CAP que apresente e descreva os vários Serviços.

Ação 5: Criação de programa especial visando atender às demandas específicas da Unidade (funcionários, docentes e alunos).

Ação 6: Manutenção das instalações do prédio do CAP e renovação de mobiliário.



OBJETIVO 7: AMPLIAÇÃO DO CENTRO DE PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA INSTITUCIONAL DO IP

META 1: Centro de Memória enquanto elemento de preservação da história da psicologia do IP, que se confunde com a história da psicologia brasileira.

Descrição: O Centro de Memória do IP tem como objetivo ampliar a cultura de preservação da memória do Instituto por meio do arquivamento de seu patrimônio documental. O acervo do Centro é composto por memórias, relatórios de atividades do IP, fotografias, gravações, fitas de vídeo, filmes, CDs, DVDs.

Ação 1: Construção de espaço especialmente planejado para a preservação de documentos históricos, como por exemplo: produção técnico-científica, memoriais do corpo docente, documentos dos pioneiros da Psicologia na USP, fotografias, fitas VHS e DVDs que contam a história do IP.

Ação 2: Solicitação de um claro para a Reitoria para contratar um funcionário especialmente dedicado ao Centro.

Ação 3: Elaboração de um projeto integrado com o Conselho Federal de Psicologia e com a Academia Paulista de Psicologia visando captar a memória da psicologia nacional.

Ação 4: Inauguração do site do Centro de Memória do IP e a criação do museu virtual

Ação 5: Elaboração de material de divulgação do Centro.

Ação 6: Inventário de objetos de interesse histórico da unidade e inclusão no site do Centro de Memória, com breve descrição de cada objeto.



OBJETIVO 8: CONSOLIDAÇÃO DO CENTRO LATINO-AMERICANO DE INFORMAÇÃO EM PSICOLOGIA


META 1: Biblioteca Dante Moreira Leite como centro coordenador da cooperação em informação técnico-científica em psicologia, com e entre os países da América Latina e Caribe.
.
Descrição: A Biblioteca Dante Moreira Leite, enquanto centro coordenador da rede de informação técnico-científica em psicologia da América Latina e Caribe coordena ações objetivando a reunião, organização e disseminação do conhecimento psicológico gerado nos países da região. A partir da construção, desenvolvimento e operação da Biblioteca Virtual em Psicologia da União Latino-Americana de Entidades de Psicologia (BVS ULAPSI), formada a partir do modelo da Biblioteca Virtual em Psicologia do Brasil (BVS-Psi Brasil), a rede de informação em Psicologia vem contribuindo sobremaneira para a visibilidade do conhecimento gerado na América Latina. Essa coordenação assegurou à Biblioteca o papel de depositária da produção nacional da área.

Ação 1: Coordenação, operação e promoção de ferramentas que possibilitem o controle bibliográfico, a divulgação, a avaliação e o melhoramento da literatura psicológica técnico científica publicada em papel e em formato eletrônico nos países da região.

Ação 2:  Consolidação do acesso amplo, rápido e cooperativo à literatura técnico científica internacional, publicada em papel ou em formato eletrônico, estimulando o desenvolvimento e uso compartilhado de coleções de literatura científica através das redes e associações de bibliotecas e centros de documentação nos países da região.

Ação 3: Disseminação, através da BVS ULAPSI, de sites em Internet operados pelos países da região que contenham informação técnico científica em Psicologia.

Ação 4: Coordenação do desenvolvimento e atualização da terminologia em psicologia, a qual deve ser organizada e disseminada em português, espanhol e inglês através do vocabulário Descritores em Ciências da Saúde (DeCS).

Ação 5: Contribuição para o desenvolvimento de recursos humanos nos países da região, em nível gerencial e técnico, com o intuito de dominar as tecnologias e metodologias estratégicas para proporcionar o acesso eqüitativo à informação em psicologia.

Ação 6: Ampliação do espaço físico da Biblioteca objetivando acomodar o acervo da produção nacional e da região, assim como a crescente equipe da BVS-Psi.

Ação 7: Inclusão de disciplinas de orientação na construção do trabalho científico na grade curricular do curso de graduação e pós-graduação do IP, visando ampliar o uso das fontes de informação e revistas científicas e a produção científica gerada pelo IP.


 


AÇÕES DA ASSISTÊNCIA ACADÊMICA PARA VIABILIZAR O PLANO DE METAS DA UNIDADE


Estas ações têm por finalidade viabilizar o plano de metas da Unidade com a melhoria da comunicação e visibilidade do IPUSP, responsabilidade com o meio ambiente e transparência das ações.

1 – Disponibilização das pautas do CTA e da Congregação no site do IPUSP pelo Diretório que será criado pelo Serviço de Informática. Pelo Diretório o membro do colegiado terá acesso, por meio de uma senha pessoal, às pautas e atas das reuniões.

2 – Capacitação na construção das páginas do site do IP dos serviços prestados pela Assistência Acadêmica, a fim de dar transparência aos processos e melhorar a visibilidade do Instituto.

3 – Implementação da reserva de salas por via eletrônica. O usuário poderá reservar salas para eventos pela internet e a tabela de horários de ocupação das salas estará on-line.

4 – Criação de um canal de comunicação com os egressos.
O item “Ex-aluno” está em desenvolvimento e contará, inicialmente, com seções de cadastro, oportunidade, Fale conosco, Calendário de eventos e Galeria de fotos de alunos formados. Há previsão que este item esteja disponível no site do IPUSP ainda no primeiro semestre de 2009.

5 – Implantação da área de apoio acadêmico previsto no Organograma da Unidade.

6 – Divulgação de novas tecnologias para apoio às aulas ministradas por docentes do Instituto. Serão oferecidos aos docentes cursos e esclarecimentos sobre plataformas interativas, como o Mooodle.

O Moodle é um espaço interativo destinado à implementação de ambientes virtuais que pode servir de apoio aos cursos presenciais.
Pelo Sistema Moodle os docentes poderão divulgar informações sobre suas disciplinas tais como: Objetivos, docentes responsáveis, programa, metodologia, critérios de avaliação e bibliografia. O docente também poderá disponibilizar material didático e se comunicar eletronicamente com os alunos pelos fóruns de discussão, chats, páginas de avisos, listas de e-mail entre outros recursos.

7 – Adequação do espaço físico e mobiliário da Assistência Acadêmica.
A Assistência Acadêmica recebe grande volume de material e documentação nos diversos concursos da carreira docente. Além da necessidade de mesas e cadeiras ergonomicamente adequadas.

8 – Melhoria do espaço físico do Bloco B (instalação de forro).
O revestimento com forro em pvc no Bloco de Aulas (salas e corredores) irá melhorar o isolamento acústico e a aparência do espaço físico.

 

 


Instituto de Psicologia da USP

Av. Prof. Mello Moraes 1721
CEP 05508-030
Cidade Universitária - São Paulo - SP

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.