revista psico.usp.br | n.1, 2015. pág.3

 

Alguns sonhos se realizam. A revista psico.usp é um deles.

 

Essa publicação nasce como um ca­nal de comunicação do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP) com a Sociedade não acadêmica. A locomotiva de psico.usp é a difusão dos trabalhos de pesquisa que produzimos em nossa instituição. No entanto, não menos importantes são os conteúdos sobre o nosso cor­po docente, as nossas atividades de formação, os serviços que oferecemos à so­ciedade, entre outros. Buscamos vencer o desafio de conseguir empregar uma lin­guagem acessível. Miramos a riqueza dos conhecimentos que estão em nossas mãos, com pleno respeito às diversidades teórica, epistemológica e metodológica que caracterizam a Psicologia.

 

O IPUSP é um dos maiores e mais importantes centros de pesquisa em Psicologia no Brasil, o que tornam amplas e numerosas as fontes que subsidiarão as pautas de psico.usp. Contamos, atualmente, com cerca de 90 docentes que trabalham em diferentes áreas de formação e investigação, lide­rando grupos de pesquisa constituídos por alunos de iniciação científica, mes­trandos, doutorandos, pós-doutorandos, pesquisadores pós-doutores e visitantes, do Brasil e do exterior. Objetivamente, com base nos dados dos últimos cinco anos, tivemos uma média anual de 82 dissertações de mestrado e 64 teses de doutorado defendidas no IPUSP. E, não menos importantes, temos as iniciações científicas, os trabalhos de graduação, as pesquisas próprias do nosso corpo docente, os projetos dos pós-doutores.

 

Uma parte dessa produção é divulgada em periódicos, livros e congressos que circunscrevem, basicamente, contextos reduzidos e especializados. Uma outra parte, na melhor das hipóteses, descan­sa nas prateleiras da Biblioteca ou em relatórios para as agências de fomento. Temos que dirigir um olhar especial a essa produção, no interior da qual há muitos trabalhos que respondem, direta ou indiretamente, a questões de inte­resse imediato da sociedade e deveriam transpor as fronteiras da comunidade acadêmica. Levar ao conhecimento pú­blico o que produzimos intramuros é um dever da nossa instituição. A revista psico.usp propõe uma via para que isso ocorra.

 

Assim, psico.usp é uma ação precur­sora por parte de uma instituição de ensino de Psicologia no Brasil. Ale­gra-nos pensar nos inúmeros benefí­cios que psico.usp pode trazer para o IP, para a USP, para a Psicologia, para a Sociedade. Convidamos a todos a conhecerem o IPUSP por meio da psico.usp. Acionem o periscópio e aproveitem este primeiro número, que nos deu enorme prazer em gestar.

 

Gerson Yukio Tomanari

Diretor do IPUSP / Editor de psico.usp