Sociedade

giphy1 DE BEM COM A VIDA
Pesquisador do IPUSP procurou demonstrar que as representações sociais do idoso ainda o apresentam como alguém que pouco tem a contribuir com a sociedade.
psico.usp online

facebook 2015 logo detail

logo tm1

AS REDES SOCIAIS NA CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO SUJEITO
Pesquisador do IPUSP investiga como pessoas em situação de desemprego utilizam o Facebook e o LinkedIn para construir a própria imagem

psico.usp online

DSC 0502 1

IPUSP PROMOVE TERAPIA EM GRUPO ATRAVÉS DE DANÇAS CIRCULARES
Desde 2006 acontece no Instituto de Psicologia da USP um projeto de atendimento terapêutico em grupo
psico.usp online

prisão EM EVENTO NO IPUSP, PESQUISADORES DEBATEM OS LIMITES DA PSICOLOGIA NOS AMBIENTES PRISIONAIS
Na palestra "Sistema Penitenciário e Psicologia Criminal", ministrada por pesquisadores na Semana de Psicologia da USP, foram discutidos os problemas enfrentados pela psicologia dentro das prisões
psico.usp online

DSC 0089

PSICOLOGIA E FEMINISMO SÃO DISCUTIDOS NA SEMANA DE PSICOLOGIA DA USP
Palestras ministradas por pesquisadoras discutem práticas feministas na Semana de Psicologia da USP
psico.usp online

 VARAL TROCO AS PESSOAS, TROCO OS PRONOMES
Pesquisadores do IPUSP analisam as questões de gênero e sexualidade, em conformidade com a crescente necessidade de uma discussão mais ampla sobre a temática
psico.usp, n.2/3, 2016
genderneutral21

SEM FAZER GÊNERO
O pensamento gender-neutral toma força no mundo da moda.
psico.usp, n.2/3, 2016

 arm

A PSICANÁLISE "NO ARMÁRIO"
Pesquisador do IPUSP investiga e analisa a proscrição de psicanalistas homossexuais em órgão oficiais de psicanálise

psico.usp, n.2/3, 2016

 genero1

A HOMOSSEXUALIDADE FEMININA E VISIBILIDADE
Estudo faz uso das teorias psicanalítica, social e literária para compreender o lugar da homossexualidade feminina na sociedade

psico.usp, n.2/3, 2016 

 violencia

A VIOLÊNCIA QUE SE MONTA
Doutorado do IPUSP retrata sofrimento e resistência das Travestis diante da violência de que são alvo diariamente
psico.usp, n.2/3, 2016

 elas querem voz

ELAS QUEREM VOZ
Seguindo a força dos movimentos sociais e feministas na contemporaneidade, pesquisadores do IPUSP realizam projetos que procuram entender o feminino, o feminismo e os porquês da desigualdade e da violência de gênero em pleno século XXI
psico.usp, n.2/3, 2016

we can do it

WE CAN DO IT
A imagem inspirada na modelo e operária Geraldine Hoff Doyle, tornou-se símbolo da mulher trabalhadora
psico.usp, n.2/3, 2016

mama

A REDE DA RESISTÊNCIA
Projeto de psicologia cultural busca promover diálogos entre universidade e comunidad
e indígena para preservar a história de suas lideranças femininas
psico.usp, n.2/3, 2016

 heroina

PODER X ESTEREÓTIPOS: a saga da heróina no mundo machista
Projeto de Iniciação Científica analisa a representação feminina nas histórias em quadrinhos

psico.usp, n.2/3, 2016

família2

OS MEUS, OS SEUS, OS NOSSOS...
Com as novas estruturas familiares, torna-se cada vez mais evidente a necessidade de fornecer as mesmas garantias legais e visibilidade que as famílias tradicionais já têm como direito

psico.usp, n.2/3, 2016

 crianca

O GÊNERO NA CRIANÇA
Método desenvolvido em pesquisa identifica a noção de gênero em crianças autistas
psico.usp, n.2/3, 2016

 crianças5

O (NÃO) OLHAR DA DA EDUCAÇÃO
Pesquisadora analisa como as esferas que cuidam do desenvolvimento da criança lidam com o tabu diante de projetos de lei que impedem o ensino do gênero na escola
psico.usp, n.2/3, 2016

 bocas

A IMPORTÂNCIA DOS ESPAÇOS PARA DISCUSSÃO
Evento realizado no IPUSP aborda a necessidade de reflexão acerca de políticas educacionais e paradigmas a respeito do conceito de gênero no espaço escolar
psico.usp, n.2/3, 2016
 semana

COMO O IP LIDA COM GÊNERO
Quando o estudante faz parte de uma minoria social, como é o caso dos LGBTs, não são poucas as vezes em que ele se sente desamparado e/ou oprimido com o posicionamento político tomado pela instituição de ensino na qual ingressou
psico.usp, n.2/3, 2016

 ju bernardo

Ju Bernardo: O GÊNERO QUE EM NÓS (E NAS LINHAS)
A Artista plástica Ju Bernardo transporta para tecidos e fios questões relacionadas ao gênero e ao autoconhecimento
psico.usp, n.2/3, 2016 

darth2a

PARA ALÉM DO SUOR E DO PÃO
A análise de duas experiências no atual mundo do trabalho retrata como os profissionais lidam de formas diferentes com a crescente exigência das grandes empresas
psico.usp, n.1, 2015

IMG 0366

PESQUISA MOSTRA LADO DESCONHECIDO DO BAIRRO DA LIBERDADE
No imaginário do paulistano comum, o bairro permanece sendo uma marca da imigração japonesa no Brasil
psico.usp, n.1, 2015

 nuvem2aa

MOTIVAÇÕES INCONSCIENTES ATUAM NA ESCOLHA DOS NOMES DOS FILHOS 
Para um adulto, seu nome é capaz de representar mais do que uma identificação
psico.usp, n.1, 2015