01/12/2016 - 01/12/2016 de 10h a 12h e de 14h a 17h - Sala de Eventos do IEA/USP

Ana Paula Soares da Silva, Andrea Sundfeld Penido, José Oswaldo Soares de Oliveira, Mariana Malvezzi, Neuza Abbud, Nicole Nothen de Oliveira, Sandra Greger Tavares, Sandra Patrício e Vladimir Bartalini (todos vinculados à USP, como professores ou participantes de programas de pós-doutoramento ou de pós-graduação).

Eda Terezinha de Oliveira Tassara - Coordenadora do Grupo de Estudos em Política Ambiental do IEA-USP e Coordenadora do LAPSI-PST-IPUSP

(PST) Departamento de Psicologia Social e do Trabalho

Ampla investigação de campo (2010-2015, FAPESP, CNPq, CONACYT), realizada nos confins da metrópole paulistana imiscuídos com as expansões conurbadas do Vale do Paraíba, produziu extenso levantamento de informações, cuja análise, para nós, transcende ao seu empírico espaço-tempo substrato extrapolando-se para o Brasil contemporâneo. Tais informações sustentam possíveis novas interpretações, as quais, com base em cenários e ambiências experienciadas como empiria e ora rememoradas, objetiva-se venham, neste debate, a serem utilizadas como matéria-prima para a construção/criação de leituras e narrativas sobre a atual “sociedade capitalista” (Streack, 2014) brasileira. Visa-se nelas fincar esperanças de um futuro comprometido com projetos baseados na recuperação de ideais iluministas/humanistas. O que delas emergirá? O Brasil como nação ou como projeto?