O Plantão de Acolhimento Psicológico (PAP) do Instituto de Psicologia da USP oferece escuta e cuidado em momentos emergenciais. Podem se inscrever pessoas acima de 18 anos, tanto da comunidade externa quanto da USP. As sessões são realizadas on-line, formato adotado em razão da pandemia de Covid-19. Essa modalidade de atendimento permanecerá ativa até que haja novas determinações sobre sua continuidade.

Voltado para promover a formação acadêmica e profissional dos nossos alunos da graduação por meio de atendimento supervisionado, o PAP faz parte do projeto do Serviço de Aconselhamento Psicológico (SAP) do nosso Centro Escola (CEIP).

Conforme consta no projeto que instituiu o PAP, “a proposta do PAP é preparar os estudantes para o atendimento psicológico, entendido como uma ação clínica, a fim de desenvolver habilidades e competências previamente abordadas nas aulas teóricas e possibilitando a fixação do conhecimento pelas atividades práticas”. Os atendimentos são supervisionados pela coordenadora Profa. Dra. Helena Rinaldi Rosa e por psicólogas da pós-graduação do IPUSP.

É importante ressaltar que a modalidade de plantão psicológico refere-se ao acolhimento para quem está em busca de apoio em situações emergenciais, portanto, não pressupõe atendimento de médio ou longo prazo equivalente a psicoterapia. Nesse trabalho, o futuro psicólogo procura compreender sofrimentos compartilhados pela pessoa atendida ao longo da consulta, de forma que possam, juntos, rever posições sobre os problemas vividos. Portanto, o plantão psicológico não é um atendimento contínuo.

Para se inscrever, os interessados devem solicitar o atendimento pelos  e-mails pap_ipusp@usp.br.  Segue anexo o arquivo contendo mais informações sobre o projeto.