Av. Professor Mello de Moraes, 1721, – Sala 251, Bloco D
Cidade Universitária  São Paulo, SP – 0558-030
mtdesouza@usp.br | Telefone: (11) 3091-4172

 

O Laboratório de Estudos sobre Desenvolvimento e Aprendizagem (LEDA) pertence ao Departamento de Psicologia do Desenvolvimento, Aprendizagem e Personalidade, do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (PSA/ IPUSP).
Tem como objetivo geral realizar estudos sobre desenvolvimento e aprendizagem em diferentes domínios, a saber: linguagem, moralidade, afetividade, inteligência, conflitos interpessoais, funções executivas e jogos em contextos educacionais.
A partir de 2010, integrou o Laboratório de Psicopedagogia (LaPp), expandindo suas atividades para o atendimento à comunidade, sob a forma de cursos e oficinas de jogos para crianças com dificuldades escolares.
Os projetos do LEDA envolvem professores e alunos do IPUSP (graduação e pós-graduação), professores de outras Universidades (nacionais e internacionais), profissionais de áreas afins e a comunidade em geral.

Histórico

O LEDA foi criado em 1997, para sediar intercâmbio com a Universidade de Rennes 2 (França), no contexto de cooperação científica. Até 2002, suas atividades se concentraram em seminários de pesquisas dos professores participantes para alunos de graduação e pós-graduação do Instituto de Psicologia, sobre temáticas relacionadas aos processos de aprendizagem e desenvolvimento psicológico. Em 2003, além dessas atividades, o LEDA recebeu os professores Jean Retschitzki e André Petitat, respectivamente das Universidades de Fribourg e Lausanne (Suíça), os quais estabeleceram projetos de cooperação com a professora Maria Thereza C. Coelho de Souza, para apresentação de seminários e participação em eventos e cursos, sobretudo a respeito de dois temas: interpretações de contos de fadas e desenvolvimento infantil. Nos anos de 2006 e 2007, o LEDA dedicou-se ainda à realização de uma pesquisa denominada Valores em Universitários de diferentes cursos da USP, com a colaboração de alunos de graduação para a coleta e análise de dados. Em 2008, a professora Maria Thereza C. Coelho de Souza realizou cooperação com a professora Rosita Hadadd-Zubel, da Universidade de Fribourg (Suíça) sobre jogos em contexto multimídia. Este projeto fez parte do convênio acadêmico estabelecido entre o IPUSP e o Departamento de Psicologia da Universidade de Fribourg, aprovado em 2009. Ainda em 2009, o LEDA recebeu para apresentação de seminários de pesquisa os professores Manuel Tostain (Universidade de Caen – França) e Jean Retschitzki , que atuou como coordenador da parte suíça do convênio acadêmico. Além disso, incluiu entre seus integrantes a professora Fraulein Vidigal de Paula, docente do PSA/ IPUSP.
Em 2010, LEDA integrou o LaPp (Laboratório de Psicopedagogia), coordenado pelo professor Lino de Macedo, e passou a contar com a participação da técnica Ana Lúcia Petty. O LEDA continua promovendo atividades de pesquisa entre seus integrantes e colaboradores, docentes e alunos do IP e de outras instituições, bem como professores estrangeiros que empreendem investigações sobre o desenvolvimento e aprendizagem.
Em 2000 foi firmado o acordo Capes Cofecub entre o Centre de Recherches em Psychologie, Cognition et Communication da Universidade De Rennes II e o LEDA.
Durante a vigência do convênio foram realizadas pesquisas em colaboração entre os Professores Maria Isabel da Silva Leme e Jean Claude Coulet sobre resolução de problemas; aquisição da linguagem escrita entre Jean Emile Gombert e Maria Regina Maluf, desenvolvimento cognitivo e interpretações de histórias entre Maria Thereza Costa Coelho de Souza e Gaid Le Maner Idrissy e desenvolvimento moral entre Yves de La Taille e Françoise Barriaud.
No mesmo período duas doutorandas, Fraulein Vidigal de Paula e Sara Panciera realizaram estágio de doutorado no Centre de Recherches em Psychologie, Cognition et Communication o que lhes conferiu duplo diploma de doutorado. Atualmente Fraulein Vidigal de Paula é docente do IPUSP e Sara Panciera, da UNIFESP.
Atualmente a cooperação entre as duas universidades continua em um convênio de cooperação que possibilita o intercâmbio de estudantes de graduação e pós graduação e parceria de pesquisa entre a Professora Fraulein Vidigal de Paula e as Professoras Anne-Sophie Besse; Nathalie Marec-Breton e Emanuelle Bonjour, das Universidades de Strasbourg e Rennes 2.
De 2016 a 2018, sediou projeto de cooperação internacional, organizado em quatro eixos temáticos, com a Universidade Paris-5, França, sobre o desenvolvimento de crianças com transtornos do espectro autista (TEA). Além disso, desde 2016 realiza projetos de extensão sobre jogos e a promoção de atitudes favoráveis ao desenvolvimento e aprendizagem.

Atividades Acadêmicas

Os docentes participantes do LEDA ministram as seguintes disciplinas na graduação e pós-graduação:
“Psicologia da Aprendizagem”; “Linguagem escrita, aprendizagem e cultura”; “Aprendizagem e solução de problemas: perspectivas teóricas e empíricas”; “Desenvolvimento da criança nas perspectivas de Vygotsky e Wallon”; “Desenvolvimento da criança: aspectos morais e afetivos”; “Afetividade e inteligência: a ótica piagetiana”; “ Afetividade,Cultura e Cognição: questões teóricas e metodológicas”;“A construção cognitiva, moral e cultural do si mesmo”; “Psicologia do desenvolvimento”; “Psicologia do desenvolvimento moral: estado da arte e novas perspectivas”; Seminários avançados em Psicologia Cognitiva e Linguagem e “Perspectivas de Pesquisa em Psicologia”.
O LEDA dá apoio a pesquisas no campo da aprendizagem e desenvolvimento humano. Estas pesquisas consistem em projetos de iniciação científica, mestrado, doutorado e pós doutorado. Sedia projetos de cooperação nacional e internacional. Sedia também projetos de extensão.
Há permanente divulgação dos conhecimentos produzidos no Laboratório por meio de publicações e participação em congressos e eventos científicos.

Publicações

 Caetano, L. M.; Dell Agli, Betânia Alves Veiga. Concepções Educativas Morais de Professores. Arquivos Brasileiros de Psicologia (Rio de Janeiro. 1979). , v.3, p.167 – 182, 2017.

Caetano, L. M.; Souza, M. T. C. C.; Silva, D.- ESCALA DE CONCEPÇÕES EDUCATIVAS MORAIS (ECEM). LIBERABIT. , v.22, p.161 – , 2016.

Deolindo, K. L. S.; Caetano, L. M.; Yaegashi, S. F. R. Os conceitos de educação moral de graduandos de Pedagogia de duas de duas universidades públicas. Boletim de Psicologia, v.LXV, p.123 – , 2015.

Petty, A. L., & De Souza, M. T. C. (2012). Executive functions development and playing games. US-China Education Review B, 9, 795-801.

De Souza, M.T.C.C.; Petty, A. L. et all. (2014). Does playing games contribute to develop better attitudes? Psychology Research. April 2014, Vol. 4, No. 4.

Leme, M.I.S.; Bechara, L.& Kfoury, M.(2018). An Exploratory Study of Forgiveness’ Place into the Interpersonal Conflicts of Pre-teenagers. Psico USF, 23,3,409-42

Cagnin, S. & Leme, M.I.S. (2018).Efeitos de conteúdos apreciativos e depreciativos de premissas no raciocínio dedutivo de estudantes de Psicologia.Temas em Psicologia26,2, 819-834

Macedo, L. De; Petty,A.L.;Carvalho, G.E. De; Souza, M.T.C.C. De- Intervenção com jogos: estudo sobre o Tangram. Revista Psicologia Escolar Educacional, v. 19, p.13-22, 2015.

Paula, F.V. de; Leme, Maria Isabel da Silva . Produção de neologismos para avaliação da consciência morfológica. Boletim de Psicologia, v. 67, p. 51-66, 2017.

Salles, Jerusa Fumagalli de; Paula, Fraulein Vidigal De . Compreensão da leitura textual e sua relação com as funções executivas. Educar em Revista, v. 1, p. 53-67, 2016.

Besse, A.-S. ; Vidigal De Paula, F. ; Moreira, C. R. L. . Les bénéfices de l’apprentissage d’une L2 sur le développement des habiletés métamorphologiques et de lecture chez des élèves de 3e et 5e année vivant au Brésil.. Approche Neuropsychologique des Apprentissages chez l’Enfant, v. 27, p. 21-42, 2015.

Guimarães, S.R. K. ; Paula, F.V. de ; Mota, M.E.P. da ; Barbosa, V. R. . Consciência morfológica: que papel exerce no desempenho ortográfico e na compreensão de leitura?. Psicologia USP (Impresso), v. 25, p. 201-212, 2014.

Equipe